Mieloma Múltiplo

O mieloma múltiplo é uma doença dos plasmócitos, que é uma célula da medula óssea da família dos linfócitos que produzem as imunoglobulinas:

Imagem

 

Por uma mutação ocorre uma falha no mecanismo de defesa e uma proliferação dessas células na medula óssea. Isso pode levar a um aumento das imunoglobulinas no sangue e sintomas por ocupação da medula por outra células (como a anemia, leucopenia e plaquetopenia). Essa célula também produz o fator de ativação de osteoclastos levando a lesões ósseas e a possíveis fraturas.

A suspeita clínica se dá nos casos de anemia, fraturas e lesão renal (já que a imunoglobulina se deposita no rim causando uma insuficiência renal, esta é potencialmente reversível)

O diagnóstico é feito atraves de dosagem de imunoglobulinas e determinação de clonalidade, pela eletroforese de proteinas com pico monoclonal. Também temos que fazer uma avaliação medular atraves do mielograma e da biópsia de medula óssea.

Atualmente temos utilizado a o cariótipo para avaliar presença de mutações de mal prognóstico e o fish para mieloma (essa é uma tecnica recente que estuda as principais mutações  atraves de ampliação genética e define a agressividade da doença

Imagem

O nome do mieloma vem com a imunofixação que define a imunoglobulina envolvida e se é cadeia kappa ou lambda. 

Depois de diagnosticado definimos a necessidade de tratamento, usualmente com quimioterapia. Nas lesões ósseas podemos associar radioterapia. O transplante de medula óssea autólogo é parte do tratamento dos pacientes sem contra indicação ao procedimento.