Síndromes Monolikes

Pré carnaval é uma boa época para lembrar da doença do beijo, a mononucleose. É causada pelo Epstein bar vírus , com período de incubação de sete a catorze dias.

Os sintomas são febre, rash cutâneo (pintinhas na pele) aumento dos linfonodos e do baço (esplenomegalia) e em alguns casos pode haver anemia, leucopenia e plaquetopenia. Por isso os pacientes nos procuram com medo da leucemia.

Outras “viroses” que podem aparecer assim são

  • citomegalovírus
  • rubéola
  • infecção aguda por HIV
  • toxoplasmose
  • adenovirus
  • faringite estreptococica
  • malária
  • sifilis
  • dengue
  • doença de lyme

Para a maioria delas o tratamento é o repouso. A sorologia só pode ser colhida após 7-10 dias do inicio dos sintomas pois pode vir um falso negativo.

Nesses casos o tratamento é repouso e manter a calma.

Aproveitem o carnaval com responsabilidade!

Leucopenia

A leucopenia é uma queda das células de defesa, os leucócitos que pode ser por baixa produção, por destruição periféria. As causas de baixa produção são ausência de células progenitoras (mães) na medula óssea, como ocorre na aplasia, agranulocitose, HPN (hemoglobinúria paroxistica noturna) ou por ocupação por outras células como nas leucemias ou infiltração da medula por outras neoplasias.

Nos casos de destruição podemos ter verdadeiras, aquela que ocorre nas infecções, decorrentes de medicamentos e doenças imunes ou pseudoleucopenia. Nesse caso há sequestro dos leucócitos pelo baço ou marginalização dos leuc[ocitos e a defesa aparece no quadro infeccioso. 

O sintoma que deve preocupar nos casos de leucopenia são as infecções graves recorrentes, principalmente de pele, vias aéreas e urina. 

Dependendo do caso podemos usar fatores que estimulem a produção de leucócitos.